quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Arritmia

Arritmia

O ritmo do mundo
já não segue o meu curso
o tempo de um dia
para mim é muito curto

todos dizem que tenho que me adaptar
mas vou logo dizendo, não sou camaleão
sou um cara simples que batalha
que da duro pelo pão

entre os clichês da vida tenho o meu preferido
quero fazer alguém feliz e estar de bem comigo
os problemas me derrubam
quando cai a noite eu choro

no caminho tem um muro
no caminho tem um muro
e uma placa “siga em frente”

eu não quero ser esperto
mas também não sou otário
foi o que aprendi com a vida:
SE ENTRAR NO MEIO NÃO PARO

Nenhum comentário:

Postar um comentário